Estudantes da região visitam SJB

No roteiro, Espaço da Ciência, Pontal de Atafona e prédios históricos do município


05/11/2019 - Meio Ambiente

Previous Next

(Júlia Maria de Assis)

O Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação, que funciona no Balneário de Atafona, recebeu somente em outubro mais de 2 mil visitantes. A média anual é de 20 mil, incluindo estudantes e turistas. Na segunda-feira, 4, a visita foi de um grupo de 33 alunos e quatro professores do Instituto de Educação Eliane Duarte da Silva Brejão, escola estadual da cidade de Porciúncula, no Noroeste Fluminense, que também esteve nos principais prédios históricos do município. O aprendizado vai ser mostrado em atividades das disciplinas de Ciências, Geografia e História.

O grupo também esteve no Pontal de Atafona e seguiu para a sede do município, passando pelo Centro Cultural Narcisa Amália, Casa da Câmara e Cadeia, Igreja Matriz de São João Batista e Palácio Cultural Carlos Martins. "Nós fazemos esse roteiro integrado com os espaços, aproveitando a agenda para promover uma visita mais ampla, que mostre São João da Barra de forma mais completa para o público que recebemos", explica o gerente administrativo do Espaço da Ciência, o professor de Geografia Alex Ramos. Ele foi o guia do circuito com a escola de Porciúncula e tem atuado em parceria com os responsáveis pelos espaços públicos incluídos nos roteiros das visitas. 

Para o estudante Carlos Eduardo Gonçalves Portugal, 17 anos, o roteiro foi um aprendizado. "A história de São João da Barra é muito interessante e o fenômeno do avanço do mar em Atafona também chamou muito a atenção", disse o aluno do 9º ano do Instituto de Educação, que pretende cursar Direito.

O Espaço da Ciência tem visitas agendadas até 26 de janeiro. Os grupos são de escolas do Norte e Noroeste Fluminense e de turistas, a maior parte hóspedes da Colônia de Férias do Sesc Mineiro de Grussaí. "Nós montamos um roteiro ambiental, histórico e cultural, incluindo nossos prédios históricos e o Pontal de Atafona, as dunas, o que tem chamado muito a atenção, principalmente neste momento em que ocorrem mudanças na foz do Rio Paraíba do Sul", disse o coordenador do Espaço da Ciência, Plínio Berto. 

As visitas também ajudam a fomentar a economia do município. Os roteiros incluem visitas a fábricas de goiabada e picolé e ao comércio de um modo geral. 

O Espaço da Ciência funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h e aos sábados, domingos e feriados das 8h às 16h30. A entrada é gratuita e visitas individuais e de famílias não precisam ser agendadas. As visitas de grupos podem ser agendadas pelos telefones (22) 99884-6751 e (22) 99832-8471.