Semec lança o Programa Educa-Ação

Evento reuniu diretores de unidades escolares nesta quinta-feira, no Cine Teatro São João


22/02/2019 - Educação

Previous Next

(Mônica Terra)

O secretário de Educação e Cultura de São João da Barra, Daniel Damasceno, realizou na manhã desta quinta-feira, 21, o lançamento do programa Educa-Ação!. A reunião foi direcionada aos 38 gestores das escolas da rede municipal. O Educa-Ação! trata da transição do atendimento educacional do tempo parcial para o integral, porém o secretário alertou que a iniciativa vai acontecer gradativamente, a partir deste ano.

O aumento do tempo de acesso dos alunos à escola vai possibilitar a participação em projetos educacionais e culturais, de acordo com cada segmento, permitindo que o educando melhore o seu desempenho escolar no tempo regular de aulas. 

"É preciso avançar", disse Damasceno, que ainda, ressaltou os resultados alcançados com os alunos nos projetos extracurriculares. “Eles responderam com excelência e trouxeram resultados positivos em projetos como a Olimpíada Estadual de Matemática (Omerj), a Feira Estadual de Ciência e Tecnologia (Fecti), e o aumento no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica”, concluiu.

Durante a reunião foram apresentados os projetos inclusos no programa Educa-Ação!. No primeiro segmento, já em vigência, o Alfaletrando (1º e 2º ano) é uma formação continuada de práticas de alfabetização, que este ano incluirá avaliações externas que não serão aplicadas pela escola, visando mensurar se a formação está proporcionando os resultados esperados.

Também direcionado ao primeiro segmento tem o Programa de Apoio Pedagógico ao Estudante (Pape), que funciona como reforço escolar, e é direcionado aos alunos do 3º, 4º e 5° ano.

No segundo segmento, os projetos são: Matemática Olímpica (6º ao 9º) que visa aumentar significativamente o conhecimento da disciplina; e implementação da Olimpíada da Língua Portuguesa, que tem o mesmo propósito da Matemática; a Feira Municipal de Ciência e Tecnologia (Femucti) e a Feira Municipal de Meio Ambiente - em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos - e o Festeja, da coordenação de Educação de Jovens e Adultos,  também obtiveram ótimos resultados e terão continuidade.

O projeto de Xadrez Escolar (2º segmento) pretende trabalhar a memória, concentração e disciplina dos estudantes; o EscolArte, trazer oficinas culturais para dentro das escolas; o Educar para Incluir, que trata da Educação Especial.

A Semec vai realizar também a Feira Literária Municipal (FLIM), evento de culminância do programa Educa-Ação!, cujo objetivo é socializar os estudantes com a prática e hábito da leitura e expor os trabalhos da rede de ensino realizados durante o ano letivo.

-Todas estas propostas serão realizadas no contraturno, e vão promover aumento no tempo de escolaridade do aluno, sempre respeitando o limite e a vontade de cada um. Não esquecendo que são experimentos para, em um futuro próximo, construirmos uma educação integral - afirmou Damasceno.