Semop Educacional prossegue nas escolas municipais

Indicação do xerife da turma e cantoria do hino nacional são as novidades do programa


05/11/2018 - Segurança

Previous Next

(Fabrício Berto)

Implantado em maio de 2017, o Programa Semop Educacional, desenvolvido em parceria entre as secretarias de Ordem Pública e Educação e Cultura de São João da Barra, abrange18 escolas da rede municipal de ensino, atendendo alunos de 10 a 14 anos (1º e 2º segmentos do Ensino Fundamental) e da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Além das palestras sobre ética; disciplina; cidadania; motivação; respeito ao professor e ao próximo; preservação da natureza e do patrimônio público; bullying; e combate às drogas, o programa passa a intensificar as ações com a indicação do xerife da turma e cantando o hino nacional, obtendo um bom resultado.

Com a indicação do xerife na sala de aula,os alunos passam a interagir mais positivamente com a escola.  "A tática utilizada é indicar o aluno indisciplinado para ser o xerife e transmitir atribuições de bom comportamento, disciplina, hierarquia e respeito,  para que ele possa ajudar o professor a organizar a turma em sala de aula”, explicou o secretário de Ordem Pública, Rodrigo Machado, destacando que a cantoria do hino nacional vem incentivando o patriotismo.

– Na próxima quinzena a Escola Municipal Elísio de Magalhães, em Barcelos, também será atendida, tendo em vista que nas escolas de Campo de Areia, Capela São Pedro e Atafona, já foram indicados os xerifes e os alunos já cantam o hino nacional na entrada – completou o secretário, acrescentando que a cada seis meses é feita uma reavaliação do programa para identificação das próximas ações em prol da boa convivência no ambiente escolar.

Com a proximidade do verão, a Defesa Civil, que faz parte da Secretaria de Ordem Pública, estará coordenando a palestra sobre prevenção contra afogamentos, que iniciarão provavelmente na próxima semana, para que as crianças e os jovens possam ter mais cuidado e adquiram atenção sobre essas questões.

“Trabalhamos também através deste programa a união da escola com os pais para conseguirmos atingir o aluno, mostrando a importância da família na educação da criança”, disse os palestrantes Leandro Sanches e Maurício Monteiro, relatando que este trabalho consiste na conscientização dos pais da necessidade de estar inserido na escola, que é um braço da educação junto à família.

Para a diretora da Escola Municipal Professora Dionélia Gonçalves dos Santos, Manuela Meireles, o programa veio somar forças com a escola, incentivando o patriotismo, a ordem, a disciplina, a ética, e a cidadania, fortalecendo os valores morais e cívicos das crianças e estimulando uma  política de boa convivência. “Os alunos estão mais comportados, responsáveis, e comprometidos com o estudo e as questões de civismo e ambiental”, reforçou a diretora relatando, por exemplo, que os próprios alunos estão orientando uns aos outros a não depredar o patrimônio público e não jogar o papel no chão.