2º Educação Escoteira nas escolas municipais

O objetivo foi promover a interação entre alunos e escoteiros


18/05/2018 - Educação

Previous Next

As Escolas Municipais Amália Soares de Almeida, em Atafona, e a Chrisanto Henrique de Souza, no Açu, receberam nesta sexta-feira, 18, o 2º Educação Escoteira, projeto desenvolvido respectivamente em cada unidade de ensino pelo 150º Grupo Escoteiro do Mar Lourenço do Espírito Santo e o 129º Grupo de Escoteiros do Mar – São João da Barra. O objetivo foi promover a interação entre alunos e escoteiros através de atividades educativas de forma divertida e atraente.

O secretário de Educação e Cultura, Daniel Damasceno, destacou a importância da ação para que os alunos tenham acesso aos conceitos cotidianos do Método Escoteiro e ampliem seus conhecimentos através da troca de experiência, formando uma cadeia de aprendizagem e valores morais.

“A ideia é, através do movimento escoteiro,  contribuir para construção de um futuro melhor, ajudando a formar uma consciência coletiva comprometida com as questões relacionadas ao bem-estar e a qualidade de vida da comunidade e do planeta”, destacou o presidente do 150º Grupo Escoteiro do Mar Lourenço do Espírito Santo, Heriberto da Fonseca Monteiro Komatu.

Em Atafona, os alunos participaram de dinâmicas de afetividade, sociabilidade e intelectualidade. Roda dos Ventos, representatividade da bandeira nacional e a importância da oração, estavam entre os temas abordados. Já no Açu, em parceria com a Prefeitura, ocorreu palestra sobre o abuso sexual infantil, e  mostra de atividades escoteiras, como montagem de campo de acampamento, rodas de canções e oficina de nós e amarras.

A ação educacional foi integrada à programação dos Escoteiros do Brasil, realizada simultaneamente em todo o país, gerando visibilidade e reconhecimento do Escotismo como instituição educacional relevante. No Rio de Janeiro, por exemplo, o 63º GERJ / Potiguara, realizará suas atividades no sábado, 19, no Colégio Passaredo, na Ilha do Governador.

“Na oportunidade acontecerão palestras para os alunos sobre abuso contra criança e adolescente, educação no trânsito e educação escoteira, além de um encontro com os pais para apresentação do Movimento Escoteiro”, disse a chefe dirigente do 63º GERJ / Potiguara, Andréa Mergulhão Ribeiro.