Reinauguração do Palácio Cultural Carlos Martins

Espaço será entregue pela prefeita Carla Machado na quinta-feira, às 16h


13/08/2019 - Cultura

Previous Next

(Dora Paula Paes)

A prefeita Carla Machado, de São João da Barra, entrega à população nesta quinta-feira, 15, o Palácio Cultural Carlos Martins, que passou por obras de recuperação. A solenidade está marcada para às 16h. A edificação, do século XIX, foi restaurada em 2008 e hoje abriga salas de música, dança, fotografia, multimídia e galeria para exposição de artes (literatura e pintura) e um salão nobre. 

— Na minha primeira gestão, restaurei o Palácio Cultural, onde funcionou o Grupo Escolar Alberto Torres. Pegamos o prédio do Grupo Velho totalmente destruído e entregamos à comunidade. Mas, infelizmente, pela má conservação por parte do governo passado, o prédio público voltou a ter problemas estruturais. Apesar de todas as dificuldades, estamos mais uma vez realizando essa obra de restauração, para que a população e turistas voltem a frequentar o Palácio — diz a prefeita Carla Machado. 

Em 1979, o Palácio Cultural foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural (Inepac). O espaço, inicialmente, funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e aos sábados, de 9h às 13h. Nos domingos e feriados, as visitas devem ser agendadas previamente no local.

Em estilo arquitetônico neoclássico, do tipo chalet, o prédio do Palácio Cultural Carlos Martins foi erguido em São João da Barra entre 1860 e 1870, no auge da navegação fluvial da Bacia Hidrográfica do Baixo Paraíba do Sul, no século XIX. A construção serviu de residência para o coronel Manoel José Nunes Teixeira e sua esposa, Mariana Teixeira. Em 1922, anos após a morte do coronel, o prédio foi adquirido pelo governo do Estado do Rio de Janeiro e tornou-se sede de uma escola de ensino primário. O Grupo Escolar Alberto Torres, que ficou conhecido como Grupo Velho, funcionando no espaço por quase 50 anos.