Cortejo teatral Tempontal no Festival de Inverno

Apresentações serão no sábado, 20, em Atafona, e no domingo, 21, na sede do município


16/07/2019 - Cultura

Previous Next

(Fabrício Berto)

O cortejo teatral Tempontal, produzido pela CasaDuna com dramaturgia do grupo Erosão, será uma das atrações do Festival de Inverno de São João da Barra 2019, promovido pela Prefeitura, com apresentações no sábado, 20, às 17h, em Atafona, e no domingo, 21, às 20h, na sede do município. Na chegada haverá apresentação da tragicomédia com mistura de teatro performático, de máscaras e de formas, prometendo levar diversão para moradores e visitantes.

Em Atafona, a saída será da praça de Nossa Senhora da Penha, seguindo pelas ruas centrais até a praça de São Pedro, na Cehab. Já no Centro, a saída será da praça de Santo Antônio, com chegada no Cais do Imperador. A história é inspirada no romance “O Mangue” de Osório Peixoto, e no fenômeno da erosão costeira em Atafona, que dura mais de 50 anos. A intenção é proporcionar uma reflexão sobre os processos de mudanças climáticas que estão por vir e sobre a profunda crise socioambiental que estamos vivendo.

“Esse espetáculo itinerante, inusitado, irreverente e contemporâneo é fruto de um trabalho de dois anos de pesquisa de linguagem teatral, a partir dos elementos da história, e do imaginário popular da região Norte Fluminense, com suas procissões religiosas e cortejos de carnaval” explicou o diretor geral, Fernando Codeço, que se inspirou também na relação entre o homem e o mar, e suas dinâmicas de construção e desconstrução de territórios.

O cortejo é comporto por uma estranha bicicleta de cinco rodas com dezenas de caixotes de feira, representando um barco de pesca, uma boneca gigante, dez atores e uma pequena banda de fanfarra.

 

 

Ficha Técnica

Direção Geral: Fernando Codeço

Direção de Produção: CasaDuna

Dramaturgia: Grupo Erosão

Atores: Jailza Mota, Julia Naidin, Lucia Talabi, Victor Santana, Rachell Rosa, Raynan

Aguilar e Silvano Motta.

Manipuladores: Rudá Sanchéz, João Cruz e Anjo Amauri.

Direção de Arte: Rafael Sanchéz

Direção Musical: Diogo Rebel

Cenotécnica: Pão DH

Assitente: João Cruz

Identidade Visual e Adereços: Rudá Sanchéz

Registro audiovisual: Kock Filmes