Sanjoanense bate recorde de embaixadinhas

Conquista foi pelo maior número de coletes tirados do corpo sem perder o domínio da bola


22/05/2019 - Esporte

Previous Next

(Faabrício Berto)

O sanjoanense José Luiz da Silva Berto, conhecido como Caniddia professor de educação física e funcionário da Secretaria Municipal de Tutismo, Esporte e Lazer, entrou para a história de São João da Barra e do Brasil ao ultrapassar o seu próprio recorde retirando o maior número de coletes do corpo enquanto fazia embaixadinhas. A conquista foi no dia 10 de maio, no estádio do Maracanã, e a sua homologação no RankBrasil, livro dos recordes brasileiros, e entrega do troféu ocorrerão no  dia 4 de junho.

O primeiro recorde foi homologado no RankBrasil no 24 de abril, após retirar 30 coletes fazendo embaixadinhas em três minutos e cinquenta e sete segundos. Com a nova conquista o recordista aumentou mais dois coletes e diminuiu em trinta segundos o tempo, totalizando 32 coletes retirados sem deixar a bola cair no chão, no tempo de três minutos e vinte e sete segundos.

Apesar de fazer embaixadinhas há 33 anos, cerca de 50 dias atrás, em uma brincadeira com os alunos do projeto Boletim Legal, desenvolvido na rede municipal de ensino, o sanjoanense descobriu o seu talento e foi indicado para o RankBrasil, onde apresentou uma sequência de sete vídeos, em lugares diferentes do município, retirando o maior número de coletes fazendo embaixadinhas.

 “Para a minha surpresa, além do Brasil, no mundo ninguém bateu essa marca. Por isso, cadastrei no Guinness Book, livro dos recordes, e estou esperando o contato para fazer uma nova apresentação que resultará na homologação e consequentemente em mais uma conquista para São João da Barra”, declarou Caniddia, que estará homologando nos próximos meses mais um novo recorde de vestir 25 coletes, em seis minutos e 20 segundos.

– Fui atleta de futebol dos 15 aos 25 anos e, há 19, venho atuando como professor do projeto Boletim Legal. É uma honra trazer essas conquistas para a minha cidade.  Tenho muito a agradecer em primeiro lugar a Deus pela oportunidade, e em segundo aos familiares, aos amigos e a Prefeitura, através da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, pelo apoio e incentivo – finalizou o recordista sanjoanense.