NCZ realiza mutirões em Roças Velhas e Vila Esperança

Ações acontecem no município de forma intensificada no combate ao Aedes Aegypti


15/05/2019 - Saúde

Previous Next

(Dora Paula Paes)

O Núcleo de Controle de Zoonoses (NCZ), de São João da Barra, segue com ações diárias, intensificadas, de combate e prevenção ao mosquito Aedes Aegypti causador da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. Nos últimos dois dias, 14 e 15, agentes do NCZ estiveram na Vila Esperança, em Atafona, e na localidade de Roças Velhas, no distrito de Barcelos.

O mutirão, na Vila Esperança, visitou 360 imóveis entre abertos e fechados. Em Roças Velhas o número de cobertura foi de 328.

- O trabalho não pode parar. A população precisa fazer sua parte também. Realizamos nas duas áreas busca ativa de larvas, eliminação de depósitos com água parada e tratamos com larvicida criadouros, além  de panfletagem. É preciso entender que estamos em guerra contra o mosquito - disse Marcos Machado, coordenador do NCZ.

O Núcleo de Zoonoses, da Prefeitura de São João da Barra, também continua com campanha de alerta em redes sociais e nas ruas. Dez minutos, por semana, são suficientes para combater o mosquito transmissor.

A Secretaria Municipal de Saúde segue o protocolo com ações coordenadas a fim de mitigar impactos dessas doenças junto à população. A Secretaria de Estado de Saúde emitiu notificação que sinaliza aumento neste ano das doenças causadas pelos arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre Chikungunya e febre amarela.