Projeto Jovem Alerta em Atafona e Barcelos

Iniciativa é uma parceria da Prefeitura com o Centro de Integração Empresa-Escola


13/03/2019 - Assistência Social

Previous Next

(Gabriela Hintz)

A prefeitura de São João da Barra, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com o Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), deu início nesta quarta-feira, 13, a mais uma edição do Jovem Alerta, voltado para jovens entre 14 e 22 anos, pertencentes a famílias referenciadas no Centro de Referência da Assistência Social (Cras).

O projeto, com duração de três meses, começou em Atafona para jovens do território do Cras Sede. Os encontros acontecerão todas as quartas-feiras, com duas turmas, com cerca de 40 alunos cada uma, pela manhã, das 9h às 12h, e à tarde das 14h às 16h30, no salão do Santuário de Nossa Senhora da Penha.

A coordenadora do Cras Sede, Adriana Ferreira, salientou que o projeto é um aliado importante para orientar os jovens da comunidade. “O Jovem Alerta contribui para o amadurecimento, despertando o protagonismo, autonomia e identidade desses jovens que estão na expectativa do primeiro emprego e de contribuir com a renda familiar”, contou.

Durante os encontros serão abordados temas como: procedimentos no mercado de trabalho; cidadania; reflexão sobre o conceito de família; sexualidade; gravidez na adolescência; discussão sobre drogas e os efeitos de seu uso, entre outros.

Ministrado pela assistente social do Ciee, Adriana Caetano, o Jovem Alerta é um projeto socioeducativo do Serviço Social do órgão, e tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento do jovem e com o seu aprimoramento social.

“Estivemos em 2017 ministrando o projeto aqui no Cras Sede e retornamos este ano com duas turmas. Isso é muito relevante, pois mostra o interesse dos jovens em ingressar logo no mercado de trabalho, já que eles são uma parcela da população que está crescendo e buscando seu espaço na sociedade”, destacou.

Para Simone Lourenço de Souza, que veio acompanhar a sobrinha de 19 anos no primeiro encontro, o Jovem Alerta é um projeto importante para ajudar a juventude. “O que vemos hoje é uma juventude sem orientação, perdida, com muito tempo ocioso e o projeto vem justamente ocupar esse tempo e preparar esses jovens para o futuro”, enfatizou.

Neste primeiro semestre o projeto será desenvolvido no Cras Sede em Atafona e também,no Cras de Barcelos, onde os encontros terão inicio nesta quinta-feira, 14, na unidade, também com duas turmas, pela manhã das 9h às 12h, e à tarde das 14h às 16h30, com um total de 80 inscritos.