Dia do Marinheiro e homenagens na Capitania dos Portos

Alunas da escola João Flávio Batista receberam por premiação em Concurso de Redação


13/12/2018 - Educação

Previous Next

(Mônica Terra)

(Fotografia: Arquivo Capitania dos Portos)

O Dia do Marinheiro, comemorado nesta quinta-feira, 13, foi lembrado em cerimônia realizada na manhã de ontem, 12, na Agência da Capitania dos Portos de São João da Barra. A data é uma homenagem a Joaquim Marques de Lisboa, popular Almirante Marquês de Tamandaré, lembrado pelos seus feitos à Marinha e à paixão pelo mar. A cerimônia foi presidida pelo capitão-tenente, Luciano Ivan Corrêa Duro.

O evento contou com a entrega de premiações referentes ao Concurso de Redação Operação Cisne Branco; Medalha Amigos da Marinha, além de homenagens internas aos militares padrões do semestre, e entrega de medalhas por tempo de serviço.

"Foi uma cerimônia repleta de emoção, com foco na honra de sustentar a farda da Marinha, pois entendemos que ser marinheiro é um ofício gratificante, em especial por aqueles que vestem a farda por orgulho à  instituição", ressaltou o capitão-tenente.

Alunos da escola João Flávio Batista, de Cajueiro, participaram do Concurso de Redação, que teve como objetivo despertar na comunidade escolar o interesse pelos assuntos relacionados à Marinha e às coisas do mar. Todos desenvolveram o texto a partir do tema: “No mar, segurança em primeiro lugar”. As três primeiras colocadas de acordo com a ordem foram:  Nicoly Severo de Lima Andrade Elias; Flávia Maria Lopes Alves e Anna Clara Rangel Trindade. 

Os tripulantes homenageados foram a 1° sargento Letícia Corrêa Duro, que recebeu medalha pelos bons serviços prestados durante 20 anos, e o 2°sargento Ariston Nascimento Pereira, medalha pelos bons serviços prestados em 30 anos. Já o 2°sargento José Luís Barbosa Filho foi agraciado como militar padrão do semestre, assim como o MN Mateus Vieira Esterque Ornelas.

Os sanjoanenses Gerson Lopes, Tânia Aquino e Heriberto Monteiro Komatu receberam a Medalha Amigos da Marinha, pelos serviços prestados. “Estamos empenhados em um programa de resgate histórico da presença da Marinha em São João da Barra. Além disso, tivemos a honra de conhecer e conversar com o Almirante Cunha em nosso estabelecimento comercial, quando pudemos falar sobre o valor do mar e a grandeza e riqueza de nosso país”, disse Gerson.

A diretora da escola municipal João Flávio Batista, Kellen Borges, falou da participação dos estudantes. “O concurso do projeto Cisne Branco empolgou os alunos, que puderam expressar por meio da escrita seus conhecimentos sobre a Marinha e a importância do Mar. Foi uma honra participar deste momento”, frisou.