Merendeiras recebem certificados Cozinha Brasil

Curso de Formação em Educação Alimentar reuniu 115 profissionais das unidades escolares município


19/07/2018 - Educação

Previous Next

(Mônica Terra)

O curso de Formação em Educação Alimentar, direcionado às merendeiras das unidades escolares de São João da Barra, foi concluído nesta quinta-feira 19. Inicialmente 100 profissionais estavam inscritas, mas a procura foi maior e 115 receberam os certificados. A ação é um trabalho de parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, com a empresa Ferroport e o programa Cozinha Brasil, do Sesi/Firjan.

A atividade atendeu profissionais na sede do município e do 5º distrito, destacando a importância da alimentação saudável, da conservação e reaproveitamento de alimentos, e o papel do profissional da merenda na formação do hábito alimentar dos estudantes.

A merendeira Geane Rodrigues Nunes, da escola Dionélia Gonçalves dos Santos, em Atafona, disse ter ficado feliz em participar do curso, porque esclareceu muitas dúvidas referentes à refrigeração e reaproveitamento dos alimentos. “Temos que ficar atentos às bactérias que causam doenças de origem alimentar. Só tenho a agradecer a oportunidade”, frisou.

O coordenador de Meio Ambiente e Relacionamento com a Comunidade da Ferroport, Henrique Savaget, ressaltou a necessidade do trabalho de multiplicação do conhecimento, aplicando o que aprendeu não somente na escola, mas para toda a família.

Os presentes receberam cartilhas com receitas práticas e avental. A entrega dos certificados contou com as presenças da nutricionista Priscila Senra e do cozinheiro Reginaldo Lima, integrantes do Programa Sesi Cozinha Brasil, da analista de relacionamento da Ferroport, Nívia Carvalho, da coordenadora geral da Secretaria de Educação e Cultura (semec), Aline Marcelino, e da coordenadora pedagógica, Daniele Ramos.

A coordenadora geral da Semec, Aline Marcelino, representou o secretário Daniel Damasceno e agradeceu a parceria com as empresas. “A proposta da Semec é de formação e constante aprendizagem. Entendemos que tudo na escola é voltado aos protagonistas do ambiente escolar, os alunos, e por eles, trabalhamos”, salientou.