Grêmios estudantis empossados

Cerimônia de possa aconteceu nesta quinta-feira; 12 escolas municipais passam a contar com grêmio estudantil


12/07/2018 - Educação

Previous Next

(Mônica Terra)

O secretário de Educação e Cultura de São João da Barra, Daniel Damasceno, e o coordenador do Fórum de Educação do Estado do Rio de Janeiro, André Jorge Marcelino, deram posse, nesta quinta-feira, 12, aos grêmios estudantis das escolas do município. O evento aconteceu no Cine Teatro São João e contou com a participação de estudantes do segundo segmento (6º ao 9º ano) regular e Educação de Jovens e Adultos, professores e equipe técnica de 12 unidades escolares da rede de ensino.

Os integrantes dos grêmios estudantis terão dois anos de mandato para representar os interesses de toda a classe escolar no que diz respeito às finalidades educacionais, culturais, cívicas, esportivas e sociais, e principalmente, levar à frente a luta por melhorias no ensino e a democracia na escola.

Adriele Santos, aluna do 9º ano da escola Domingos Fernandes da Costa (DOFEC), e integrante do grêmio “O futuro é agora”, disse que o grêmio é a voz dos alunos, e que pretende colocar em prática, com os colegas, projetos envolvendo temas como drogas e gravidez na adolescência, pois são assuntos pontuais e de interesse no meio escolar.

A instauração do grêmio estudantil é pioneira no município e cumpre uma das metas do Plano Municipal de Educação. O secretário de Educação, Daniel Damasceno, destacou o trabalho em prol do coletivo, tarefa de cada grêmio, e a responsabilidede de, enquanto entidade, representar os interesses do todo, sendo necessário ouvir o outro e desenvolver o senso de justiça.

O coordenador do Fórum de Educação do Estado do Rio de Janeiro, André Jorge Marcelino, frisou a responsabilidade de ser um gremista, e contou sua experiência à época escolar como integrante do grêmio Chico Mendes. “Integrar um grêmio é importante para a democracia, porém, é algo difícil, porque envolve lidar com a diferença, e para ter sucesso, é preciso conhecimento e entendimento, precisa ser firme, saber negociar, enfrentar os desafios”, sinalizou.

Os componentes dos grêmios também foram orientados a organizar o estatuto, de acordo com o que pode ou não ser feito durante a gestão, assim como registrar em atas todas as decisões, pois os mesmos servirão de pesquisa para os futuros gremistas, inclusive, como registro histórico. Durante todo o processo, os alunos serão orientados nas escolas pela equipe de orientadores educacionais da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Durante o evento, o grêmio “União, força e ação”, da escola Elysio de Magalhães, fez uma apresentação cultural, enfocando os direitos e deveres da entidade. “É preciso que todos entendam que o grêmio existe não só para promover diversão. Temos que levar o conhecimento também”, frisou Karine Martins, do 9º ano.

Também participaram da cerimônia de posse o secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, Alex Caetano, o coordenador de Juventude, João Filiphe Amaral, as coordenadoras da Semec, Ana Paula Barreto, Raquel Mota, Estela Bastos e a supervisora Joceilsa Coutinho, além das coordenadoras da EJA, Rejane Soares e Dulcileia Martins Mota, e do prefeito mirim de São João da Barra, Arthur Almeida , de escola José Alves Barreto.