Curso NR-35 é concluído

Mais 20 sanjoanenses são qualificados para o mercado de trabalho


10/07/2018 - Trabalho e Renda

Previous Next

(Fabrício Berto)

A política de incentivo à empregabilidade prossegue em São João da Barra, desta vez, com mais 20 munícipes concluindo gratuitamente o curso NR-35 (Norma Regulamentadora nº 35), nesta terça-feira, 10, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Amadeu Chácar Filho. A iniciativa é uma parceria da Prefeitura de São João da Barra com a Ferroport e o Senai.

Para o supervisor do Senai, Ricardo Rodrigues dos Santos, a NR-35 é uma das NRs mais importantes na área de segurança do trabalho devido a sua particularidade com atividades em altura. “Esse curso proporcionou aquisição de conhecimentos das medidas de proteção desse trabalho em altura, deixando claro o dever do empregador e do empregado referente aos requisitos básicos citados nas próprias alíneas da NR”, explicou Ricardo.

Disposições legais e regulamentares sobre trabalho em altura; garantia da implementação das medidas de proteção; Análise de Risco (AR) e emissão da Permissão de Trabalho (PT); procedimento operacional para as atividades rotineiras de trabalho em altura; avaliação das condições no local do trabalho em altura; planejamento e implementação de segurança; utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Equipamento de Proteção Coletiva (EPC) e primeiros socorros foram os temas abordados durante o curso.

Residente no centro da cidade, Alexandre da Silva Ernesto, formado em eletrotécnica, foi um dos que concluíram o curso. "Já atuei em diversas empresas da região. No momento estou desempregado e esse curso ajudará na busca por uma vaga de trabalho na área industrial", declarou o aluno, que recebeu material didático em CD, além de camisa, botas, óculos de proteção e luva de segurança.

“O curso foi essencial para alertar sobre a necessidade de zelar pela nossa segurança e de outras pessoas que possam ser afetadas por omissões no trabalho”, completou Alexandre, referindo-se à interrupção da atividade caso sejam constatadas evidências de riscos graves e iminentes para segurança.

Segundo o superintendente de Trabalho e Renda, Sávio Sabóia, a política de incentivo à empregabilidade e ao empreendedorismo, voltada para o sanjoanense, vem sendo desenvolvida por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico. Mais de 100 sanjoanenses, contabilizou o superintendente, já concluíram os cursos gratuitos de NR - 10, Operador de Empilhadeira e Motor à Diesel.

 “A previsão é que outros cursos sejam articulados, levando em consideração as demandas de vagas de emprego dos RHs das empresas que atuam no Complexo Portuário do Açu”, relatou Sávio, destacando também o incentivo ao empreendedorismo, onde mais de 50 sanjoanenses concluíram os cursos de Confeitaria Fina, Salgados, e Biscoito.