Inscrições abertas para o projeto Botinho

Ação é uma iniciativa do Corpo de Bombeiros, desenvolvida em São João da Barra em parceria com a Prefeitura


09/01/2018 - Gabinete

Previous Next

(Gabriela Hintz)

O projeto Botinho disponibiliza esse ano em São João da Barra 100 vagas gratuitamente e as inscrições vão até o dia 12 de janeiro, podendo ser feitas no destacamento do Corpo de Bombeiro Militar, no Balneário de Atafona, das 8h às 17h. Os interessados devem apresentar os seguintes documentos: foto 3x4; cópia da certidão de nascimento, do comprovante de residência e atestado médico original, indicando que o participante está apto a realizar atividade física.

Os últimos detalhes para a realização do projeto no Município foram definidos nesta terça-feira, 9, durante reunião entre a prefeita Carla Machado e o comandante do destacamento do Corpo de Bombeiros de São João da Barra, Capitão Defanti. Executada pela Secretaria de Estado de Defesa Civil, através dos grupamentos marítimos do Corpo de Bombeiros Militar, a ação conta com parceria da Prefeitura de São João da Barra.

O público-alvo são crianças e jovens entre 07 e 17 anos e o projeto acontecerá no Balneário de Atafona e no Espaço da Ciência, de 17 a 31 de janeiro, e visa transmitir aos participantes conhecimentos básicos para prevenção de acidentes no banho de mar e nas atividades que envolvam meio aquático. Os participantes vão receber lanche, uniforme, transporte para o Balneário e certificado de conclusão ao final do projeto.

“Esse é um projeto tradicional no verão sanjoanense que integra nossas crianças e jovens. Não poderíamos deixar de apoiar essa ação que realiza um trabalho tão importante envolvendo cidadania e orientações de conduta segura no mar”, pontuou a prefeita.

Segundo o Capitão Defanti, essa parceria com o poder público é importante para a condução do Botinho, que é sempre muito prestigiado no Município. “O Projeto Botinho compreende um conjunto de atividades, com o objetivo de fornecer às crianças de hoje, adultos de amanhã, noções básicas de segurança nas atividades aquáticas, esportes, salvamento e cidadania”, salientou.

Os inscritos serão divididos por faixa etária, Golfinho, de 7 a 10 anos; Moby Dick de 11 a 14 anos, e Tubarão de 15 a 17 anos. Cada turma contará com oficial BM responsável como instrutor-chefe “Serão oito profissionais coordenados pelo tenente-coronel Rodrigo Barcelos e seis militares especializados em salvamento no mar atuando no projeto” explicou comandante.

 


MAIS NOTÍCIAS