Projeto de instalação de pluviômetro em SJB

Iniciativa norteará ações da Defesa Civil e da Secretaria de Agricultura.


15/12/2017 - Defesa Civil

Previous Next

A Prefeitura de São João da Barra, por meio da Coordenadoria de Defesa Civil e da Secretaria de Agricultura, está desenvolvendo o projeto de instalação de pluviômetros com objetivo de monitorar, em milímetros lineares, a quantidade de chuva que cai no município. As comunidades da Vila da Terra, Sabonete e Barcelos, foram às últimas a receber os aparelhos.

O coordenador de Defesa Civil, Adriano Assis, relatou a importância desse monitoramento para elaboração de um plano de ações preventivas em todo o Município. “Esse monitoramento possibilita o mapeamento dos pontos críticos de alagamentos, para que as famílias recebam suporte de emergência caso as residências sejam atingidas”, explicou Adriano, informando que nos pontos vulneráveis foram instaladas bombas com ativação automática, e caminhão de sucção e bombas portáveis são utilizadas nas casas.

Já o secretário de Agricultura, Osvaldo Barreto, informou que os pluviômetros permitirão registrar o volume e a distribuição da chuva ao longo do ano para que os produtores rurais possam planejar as atividades de plantio, colheita, aplicação de defensivos, adubação, irrigação, entre outras.

“A instalação dos pluviômetros é uma das grandes tendências do setor agrícola em busca pela maior eficiência na produção, pois, auxilia o produtor a tomar melhores decisões no campo”, destacou Osvaldo.

– A nossa previsão é recomeçar a instalar os aparelhos de meteorologia, no início de janeiro de 2018, no Açu, Degredo e Grussaí  – relatou Adriano, lembrando que no Centro e em Atafona já existem pluviômetros.

No último dia 11, em virtude da chuva de 28 milímetros, em um espaço de tempo curto de 2h10, a Defesa Civil atuou em vários locais do município. “Geralmente chuva acima de 20 milímetros, causam esse tipo de transtorno, ao qual estaremos em alerta para uma resposta mais rápida para população”, finalizou o coordenador da Defesa Civil.


MAIS NOTÍCIAS