Você está em Notícias

  Educação     11/07/2017

Estudantes recebem bolsas para inicia��o cient�fica

Sanjoanenses v�o integrar o Programa Jovens Talentos e desenvolver projeto de pr�-inicia��o cient�fica.
A+   A-

(Mônica Terra)

Estudantes sanjoanenses que concluíram o Ensino Fundamental na Escola Municipal Amaro de Souza Paes, em Grussaí, foram selecionadas para desenvolver um projeto de pré-iniciação científica que integra o Programa Jovens Talentos. Elas receberão durante 18 meses uma bolsa em dinheiro no valor de R$ 113,00. O tema a ser trabalhado, “Da origem ao desaparecimento dos Muxuangos da Ilha da Convivência”, visa valorizar a identidade cultural local.

O programa Jovens Talentos tem a finalidade de selecionar estudantes dispostos a trabalhar com pesquisa científica; estimular a formação do educando possibilitando a identificação de novos quadros de atuação profissional e dar maior divulgação aos conhecimentos científicos, articulando pesquisa e ensino. O projeto é direcionado aos estudantes do ensino médio/técnico da rede pública de educação.

As jovens contempladas com as bolsas são: Laura Gonçalves Ribeiro, Tamires de Azevedo Pereira, Ana Luiza Valadares Ferreira Manhães, Loisy Martins Bastos Paes, todas ex-alunas da Amaro de Souza Paes.

“Quando soube que fui agraciada com a bolsa, e que a pesquisa vai tratar da história de minha cidade, fiquei muito feliz. Sei que outras oportunidades surgirão ao longo deste trabalho”, disse empolgada a estudante de Construção Naval, do Instituto Federal Fluminense, Tamires Pereira, 15 anos, que já pensa no retorno deste projeto em termos de conhecimento quando ingressar no curso de Ciências Biológicas, da UENF, seu projeto futuro.

O polo do programa em São João da Barra será na Escola Amaro de Souza Paes e terá a coordenação da professora Deise Márcia Santos. A seleção foi feita a partir do desempenho acadêmico dos alunos. Para a secretária de Educação, Lúcia Siqueira, “o projeto de pesquisa será importante para fomentar a história do município e dar credibilidade e notoriedade a tantos talentos desta terra, que tem, através da educação, meios de demonstrar as diversas vertentes acadêmicas”, frisou.

O Programa é uma iniciativa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj), e tem o apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico/MCT) no âmbito do programa de Bolsas de Iniciação Científica Júnior. E é executado pelo Centro de Ciências do Estado do Rio de Janeiro (Cecierj) e Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz). 

 

 

A+   A-

Mais notícias relacionadas a Educação

Projeto Boletim Legal entrega certificado
Reforma de escola municipal em Grussaí
Educação avalia ensino com prova do Proveja
Produtos da Agricultura Familiar no cardápio escolar
Projeto "Mar de leitura" em escola municipal
  • Nota Fiscal Eletrônica
  • Plano Diretor
  • Banner IPTU 2017
  • Sisban