Cirurgias ortopédicas de média complexidade

Após 15 dias de reativação do serviço, 14 pacientes foram operados.


15/06/2017

Previous Next

Realizado todas as quartas-feiras, seguindo os padrões pré-estabelecidos pelo Ministério da Saúde, o serviço de cirurgia ortopédica de média complexidade, reativado 31 de maio pela Prefeitura na Santa Casa de Misericórdia de São João da Barra, está dotando o município de condições dignas de saúde, oferecendo à população atendimento gratuito e de qualidade.

A subsecretária de Saúde, Keth Miranda, ressaltou que a reativação deste serviço representa um avanço no setor ortopédico, facilitando a vida dos sanjoanenses. "Somente os pacientes politraumatizados estão sendo encaminhados para o Hospital Ferreira Machado para serem assistidos pelo neorocirurgião e  cirurgião toráxico, e posteriormente encaminhados para operar em São João da Barra", informou.

O chefe do Setor de Ortopedia e Traumatologia da Secretaria de Saúde, Yuri Paschoal, disse que o último procedimento realizado pela equipe foi uma cirurgia na L5, na coluna lombar. "Efetuamos a descompressão do corpo vertebral por foragem e cimentação por vertebroplastia, um procedimento minimamente invasivo para tratar fraturas na coluna vertebral, melhorando a dor e a capacidade funcional desses pacientes", explicou.

Vítima de acidente de trabalho ao cortar uma árvore que caiu sobre sua coluna, o ex-provedor da Santa Casa, Renato da Silva Batista, 64 anos, foi operado e teve alta nesta quinta-feira, 15. "Graças ao profissionalismo e competência desses médicos, a cirurgia foi um sucesso e estou indo pra casa sem dor e curado", declarou Renato, que teve sua fratura estabilizada após a solidificação do cimento acrílico no interior da vértebra.

O chefe do Centro Cirúrgico, Fernando Cézar, relatou que até o momento tem três cirurgias previstas para a próxima quarta-feira. "Já internamos duas idosas de quase 90 anos. Uma delas encontra-se com lesão metastática (patologia que acomete o osso), e um outro paciente vítima de acidente automobilístico que fraturou o joelho, que já foi encaminhado do Hospital Ferreira Machado e deverá ser operado no mais tardar na próxima semana", detalhou Fernando.

- A população tem que seguir os trâmites legais, são disponibilizadas 150 consultas ambulatoriais de ortopedia por semana, e o agendamento está sendo feito no Posto de Saúde mais próximo da residência do paciente - destacou Yuri, acrescentando que as consultas emergenciais podem ser encaminhadas para a Santa Casa.